Daniel Claire

Blog do Daniel Claire!

3 dicas para ser um homem mais saudável

Compartilhe esse artigo:

Homem saudávelJá passou o tempo que o homem não cuidava da saúde, os tempos mudaram e graças ao acesso fácil como a internet as coisas estão mudando. Hoje, cada vez mais os homens estão cuidando da saúde.

Ficar mais saudável parece não ser uma tarefa fácil, principalmente para pessoas que sempre conviveram com maus hábitos. Mas, com pequenas mudanças no dia a dia, é possível ganhar mais vitalidade e saúde.

Atitudes como evitar ficar sentado por muito tempo, deixar de dormir na sala com a televisão ligada e beber água mais vezes ao longo do dia não são difíceis de colocar em prática com uma dose de boa vontade.

Veja abaixo 4 dicas para ser um homem mais saudável

1- Consumir alimentos que aumentam a testosterona

A testosterona é o principal hormônio masculino, mais também encontrado nas mulheres, em poucas quantidades. Esse hormônio é fundamental para o desenvolvimento dos tecidos reprodutores, como os testículos e próstata, e no desenvolvimento de características sexuais secundárias, como o aumento da massa muscular, massa óssea e o crescimento de pelos no corpo.

E nada melhor do que manter os níveis desse hormônio, consumindo alimentos que aumentam a testosterona. Alimentos ricos em proteína no geral são ótimos estimulantes naturais para a produção de testosterona.

Se você sofre com níveis baixos de testosterona, você pode fazer alguma dieta proteica. A dieta da usp e da proteína é uma delas. No caso da dieta da usp funciona por ser rica em proteínas e gorduras e poucos carboidratos o que melhora ainda mais os níveis de testosterona do corpo.

2- Praticar alguma atividade física

Praticar alguma atividade física é fundamental para um corpo saudável. No geral, ela auxilia na melhora da força e do tônus muscular e da flexibilidade, fortalecimento dos ossos e das articulações. Além disso, quando praticamos alguma atividade física o nosso corpo ficar mais sarado e atraente o que pode melhorar até mesmo na hora de conquistar uma gata.

Se você sofre com gordura abdominal, a prática de exercícios de alta intensidade e musculação são os melhores quando o assunto é exercícios para perder barriga rápido.

Interessante notar que quanto maior o gasto de energia, em atividades físicas habituais, maiores serão os benefícios para a saúde. Atividades que consomem mais energia podem ser realizadas por menos tempo e com menor frequência, enquanto aquelas com menor gasto devem ser realizadas por mais tempo e/ou mais frequentes.

3- Não cozinhar com óleo de cozinhar

O famoso óleo de cozinha (óleo vegetal ou óleo de soja refinado) traz muitos problemas a saúde e ambientais.

No caso da saúde, esses óleos são composto de gorduras poli-insaturadas (o mais altamente reativo tipo de gordura), o que lhes deixa propenso à oxidação e à produção de radicais livres quando exposto ao calor e luz.

Óleos poliinsaturados processados são os mais inflamatórios dentro de nossos corpos devido à sua elevada reatividade ao calor e à luz. Essa inflamação é o que ajuda a causar muitos problemas internos tais como doenças cardíacas, câncer e outras doenças degenerativas.

Já no caso ambiental, o óleo de cozinha quando jogado na pia, por exemplo, pode contaminar o solo, poço, lençol freático e aguá. Além disso, o óleo de cozinha contribui para a liberação de gás metano contribuinte do aquecimento global e no entupimento das tubulações.

A dica aqui é trocar o óleo de cozinha pelo óleo de coco (que pode ser frito) e pelo azeite extravirgem.

Leita também: Como montar um negócio de sucesso

4 Responses to 3 dicas para ser um homem mais saudável

  1. Jonathan says:

    Essas dicas foram muito úteis para eu recuperar minha saúde novamente, ainda preciso melhorá-la, mais já é um bom começo!

  2. Oliver says:

    Show essas dicas, me ajudaram demais!

  3. Angelo says:

    Tenho 23 anos e tenho 1,80m e 75kg, você acha que devo aumentar o meu peso ou diminuir?

    • Daniel Dias says:

      Fala Angelo, belezinha?

      Cara, só com esses dados não da pra avaliar. É necessário que você saiba se você esta dentro do seu IMC e verificar a sua massa magra e a % de gordura do seu corpo.